quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Eu
quero
chão
quero
poesia
quero
amor
quero
filosofia
quero
mundo
quero
perder
quero
plenitude
quero
querer.

eu
quero.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Mesmo nessa terra nada fértil, a semente, verdadeiramente repleta de si, pensa:

Eu ainda cresço em mim!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

eu poderia sorrir mais do que chorar, mesmo tendo motivos maiores para o segundo jorro sentimental,

mas qual seria a graça da poema triste, sem um triste poeta ao o escrever.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

é que ontem a noite foi como o dia
refletindo em meus olhos
sem parar
a luz que toca em cada pessoa.

soante

Número total de visualizações de página