sexta-feira, 23 de julho de 2010

porque te achar boa ou má
tanto faz...

não tem jeito ou forma melhor do que essa.

cair em desespero, inventar situações, enrolar nas palavras... tudo besteira!

ficamos assim, então: eu não sofro nem deixo de gostar. você continua leve e solta, mas me deixando te olhar!

sexta-feira, 2 de julho de 2010

tua maldade bela
me cerca
me seca

tua maldade
me faz bem

tua maldade me faz
perceber-me vivo
me faz ser além

tua maldade me contamina
tua maldade é minnha sina
tua maldade, menina!

ela é a causa
ela é o feito
ela é tua,
meu desejo

não deixas nunca de ser má
não deixes nunca
de com tuas pontas
meu peito...
FIM

soante

Número total de visualizações de página