sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Selvagem

O olhar das crianças apaixonadas é doce e meigo. Simplesmente lindo!
O meu olhar pra você é fera, é carne e fogo. E de infantil não tem nada.



"Queria ter a memória daqueles que me encontram pelas ruas, reconhecem-me e contam proezas nossas, enquanto eu nem sequer de seus nomes lembro."



"A cidade se consome
São milhares de pessoas sem nome
E para cada um o outro some."




"Os louros nunca ficarão na minha cabeça.
Eles me aguardam na eternidade, onde realmente valem alguma coisa!"



soante

Número total de visualizações de página